NOTÍCIAS

POSTADO EM 02/04/2015

Estudo revela que o hábito de mentir faz mal à saúde

verdade-mentira1“Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros” – Efésios 4:25

Nas Escrituras Sagradas, existem diversas passagens que mostram que mentir é pecado, mas há quem acredite que é impossível viver em sociedade, sem ao menos contar uma mentirinha. Necessidade, falta de moral ou brincadeira inocente? A discussão vai longe, mas uma coisa é certa: é uma prática que a Bíblia condena e não faz parte dos princípios cristãos.

O que nem todo mundo sabe é que a mentira faz mal à saúde, não somente para as vítimas, mas para quem a prática. Uma pesquisa recente mostrou que o ato de mentir, a curto prazo, causa problemas físicos e psicológicos.

Para chegar a essa conclusão, especialistas da Universidade de Notre Dame, Estados Unidos, analisaram, durante dez semanas, os efeitos que atitudes honestas causam aos indivíduos.

Cem pessoas, com idades entre 18 e 71 anos, foram analisadas física e emocionalmente. Elas foram dividas em dois grupos. Um deles foi instruído a evitar perguntas que levassem a uma mentira; já o outro pôde mentir à vontade.

O grupo “mentiroso” apresentou, em média, quatro vezes mais queixas ligadas à saúde mental e três vezes mais reclamações de dores físicas, comparado ao grupo “honesto”.

Anita Kelly, psicóloga que encabeçou a pesquisa, explicou que a intenção era descobrir se viver honestamente pode melhorar a qualidade de vida dos indivíduos. Já que nos Estados Unidades, as pessoas mentem, em média, 11 vezes por semana.

A especialista mostrou que é possível reverter este quadro. Um exemplo disso é o grupo “honesto”, que conseguiu reduzir o número de mentiras, na quinta semana de prática. Um progresso significativo, que também resultou na melhoria entre as relações mais próximas.

 

Redação iGospel

Informações: Christian Post

Publicado em 01/04/2015

ACOMPANHE NOSSAS REDES SOCIAIS

Newsletter

Assine para receber todas as novidades no seu e-mail